Cachorro Pode Comer Feijão Cachorro Pode Comer Feijão | Feijão Para Cachorro – Saiba mais!

Se você chegou até aqui com certeza assim como nós já se fez a seguinte pergunta: cachorro pode comer feijão?

Se pararmos para pensar no que o nosso melhor amigo pode ou não comer, nem todos nós teremos as respostas na ponta da língua não é mesmo?

Existem diversos alimentos que os nossos amigos peludos não devem comer. Muitos deles prejudiciais à sua saúde e bem-estar. Por isso, é importante saber os alimentos que o seu cachorro pode ou não comer.

No artigo de hoje falaremos sobre se o seu cachorro pode comer feijão, ou se existe feijão para cachorro.

Todos nós sabemos o quanto a alimentação é fundamental para nos manter fortes e saudáveis. É fundamental nos alimentarmos bem, com qualidade e com todos os nutrientes, vitaminas e minerais do qual precisamos.

Logo, essa regra também se aplica aos nossos cachorros. Não é à toa que os nossos cachorros recebem o titulo de melhores amigos do homem, não somente retribuem todo o nosso afeto, como também estão presentes conosco em todos os lugares.

Dito isso, não é difícil de acontecer de estarmos jantando e os nossos cachorros nos olhar com “aquela carinha de pidão”.

Em geral, é nessas horas que surgem diversas dúvidas. Uma das mais frequentes é se cães podem comer feijão. E aí, você sabe a resposta para essa pergunta? Saiba mais nos próximos tópicos.

 

Afinal, meu cachorro pode comer feijão?

Sim, o seu cachorro pode comer feijão. Todavia, alguns cuidados devem ser levados em consideração.

O seu cachorro pode sim comer feijão, todavia, esse alimento deve ser preparado exclusivamente para ele. Isso porque, alguns dos temperos que usamos para temperar o nosso feijão de cada dia pode ser prejudicial à saúde do seu cãozinho.

Alguns exemplos são: cebola, alho, bacon, pimenta, sal, entre outros.

O feijão é considerado uma leguminosa e proporciona nutrientes fundamentais como: ferro, proteínas, carboidratos, cálcio, vitaminas e fibras.

Além disso o feijão pode proporcionar inúmeros benefícios à saúde do seu cachorro, alguns deles são:

  • Previne o surgimento de problemas cardíacos;
  • Possui função antioxidante e ajuda na diminuição dos níveis de colesterol;
  • Previne a constipação intestinal e regula o intestino;
  • Por ser rico em fibras, controla os índices glicêmicos no sangue;
  • Previne a osteoporose, pois fortalece a consistência dos ossos;
  • Fortalece o sistema imunológico.

No entanto, mesmo que o seu cachorro pode comer feijão, alguns cuidados devem ser tomados. Isso porque, nem todos os tipos de feijão são indicados para o consumo do cão. Confia a lista dos tipos de feijão permitidos e os proibidos.

Tipos de feijão permitidos

  • Feijão Fradinho. Rico em fibras. 
  • Feijão Branco.
  • Feijão Preto. O protagonista da feijoada.
  • Feijão Bolinha. 
  • Feijão Carioca. Contém cálcio e fósforo.
  • Feijão Vermelho.

Tipos de feijão proibidos

  • Feijão Fava
  • Feijão cozido feito para consumo humano. Para dar ao seu cachorro faça separadamente.
  • Feijão Enlatado

É importante salientar ainda que de forma alguma o feijão deve ser oferecido ao cachorro cru. Além disso, é importante lembrar que por mais que o feijão seja rico em proteínas, ele nunca deve substituir a proteína animal.

Existe feijão para cachorro?

Não. Ao contrário do arroz, (pelo menos em tese) não existe um feijão próprio para cachorro. Por falar em arroz, fiz um post falando se o seu cachorro pode ou não comer arroz Clique Aqui Para Ver.

O que difere do qual faz parte da nossa alimentação é basicamente a forma de preparo. Nos próximos tópicos mostramos como deve ser preparado o feijão para cachorro de forma correta.

Existem algumas regrinhas que devem ser seguidas antes de oferecer feijão ao seu melhor amigo, confira:

  • O feijão oferecido precisa ser cozido ou no vapor (com exceção do feijão verde);
  • Cuidado com o feijão cru, isso porquê não somente representa um risco de asfixia, como também podem conter substâncias tóxicas quando não cozidos. Todavia, o único feijão que pode ser oferecido cru com segurança é o feijão verde;
  • Não pode ser oferecido temperado, apenas com um pouco sal;
  • O feijão não é e não deve ser considerado com um substituto para a carne, mesmo sendo um fonte importante e rica em proteína;
  • Nunca ofereça feijões em lata ou restos de sua comida, isso porque os temperos utilizados para temperar os nossos alimentos são prejudicais à saúde do cão. Como alho, cebola, óleo e etc.

Qual o melhor substituto para o feijão para cães?

O feijão é considerado como uma leguminosa. Logo, seu substituto pode ser do mesmo grupo, como lentilhas e grão de bico, por exemplo.

O grão de bico é um alimento rico em fibras, ferro e triptofano (substância essa que aumenta a produção do hormônio serotonina). Além de aumentar a sensação de saciedade, sendo assim uma ótima opção para os cães com dietas restritivas.

Já a lentilha por sua vez, é composta por carboidratos complexos, cálcio, fibras, ácido fólico, vitamina B6, magnésio ferro e o já falado triptofano.

É importante saber que cachorro pode comer feijão, mas que existem diversas opções para substituir essa leguminosa.

Desta forma, é possível criar um cardápio variado, saboroso e nutritivo. Conheça a seguir outros alimentos que podem substituir o feijão na alimentação do seu cachorro.

  • Beterraba: grande fonte de ferro e fibras, a beterraba tem o poder de combater a anemia e portanto, é uma ótima substituição ao feijão. Além de ajudar no bom funcionamento do intestino.
  • Brócolis: um dos vegetais mais nutritivos que você poderá oferecer ao seu cãozinho. Além disso, é rico em ferro, zinco, cálcio, vitamina C e A. Contudo, atenção, ofereça sempre cozido, os cachorros adoram e aceitam muito bem o sabor.
  • Cenoura: outro alimento muito nutritivo, a cenoura é fonte de vitamina A e potássio. Deve se retirar a casca, cozinhar em água ou no vapor e só então oferecer ao seu animal de estimação.
  • Inhame: além de ser uma boa fonte de carboidrato, é rico em fibras e vitaminas. Fornece energia e é super nutritivo para a saúde do seu cãozinho.
  • Proteínas vegetais: as proteínas vegetais também são ótimas opções como substituição, as oleaginosas como amendoim, castanhas e gergelim, além de cereais integrais como quinoa e aveia são alimentos ricos nutricionalmente e ricos em proteínas.

O feijão é uma boa fonte de proteínas para os cães?

Assim como as leguminosas, o feijão normalmente disponibiliza entre 2 a 4 vezes mais proteínas para uma refeição. Logo, esta é uma das razões pela qual as leguminosas são tão importantes no fornecimento de proteínas.

Por isso, podemos afirmar que não somente cachorro pode comer feijão, como a ingestão deste alimento é um dos elementos essenciais para a dieta do seu cãozinho.

Além disso, os grãos possuem uma rica variedade de nutrientes essenciais para a saúde do seu cachorro.

Em teoria, (sendo em grande maioria dos casos), o feijão é muito benéfico para os cachorros. Desde que claro, se preparado de forma adequada, sem adição de muito sal e sem temperos como alho ou cebola.

Além disso, o consumo deve ser moderado, isso porque em excesso pode causar acúmulos de gases e problemas intestinais.

Todavia é sempre bom lembrar, que o seu animalzinho de estimação pode ser intolerante ao alimento.

Por isso, é sempre muito importante ir com cuidado ao inserir um novo alimento em sua alimentação e consultar sempre um médico veterinário.

Para ajudar eu criei um livro digital, que disponibilizo gratuitamente. Nele eu ensino 3 dicas que faço com meu cachorro, o Bruce, que podem deixar seu cachorro muito mais forte e saudável. Coloque seu nome e e-mail abaixo para eu te enviar PDF, é grátis.

Como deve ser preparado o feijão para cães?

Em suma, consumir grãos integrais é muito importante para a nossa saúde. No entanto, o consumo inadequado pode trazer diversos efeitos colaterais, desde síndrome do intestino irritável até deficiência de minerais.

Logo, oferecer feijão para cachorro é bem importante, mas deve ser consumida de forma correta.

Em geral, grande parte dos grãos possuem ácido fítico ou filato em sua camada externa, sendo esses inibidores enzimáticos.

Normalmente os grãos integrais não são previamente processados ou fermentados, assim estes ácidos presentes não são neutralizados.

O filato por exemplo, dificulta o processo digestivo e geralmente se liga a proteínas e minerais no trato intestinal, como por exemplo: zinco, cálcio, magnésio e ferro. E pode impedir a absorção adequada pelo organismo.

Uma forma de neutralizar esses ácidos é deixar os grãos de molho antes de cozinha-los. Isso porquê, deixar os grãos de feijão de molho faz com que as enzimas e outras substancias presentes podem neutralizar o ácido fítico.

O que por sua vez, facilita a absorção de proteínas, minerais e vitaminas pelo organismo do seu cãozinho. Além disso, o molho ajuda a “quebrar” parcialmente outras proteínas difíceis de digerir, como o glúten por exemplo.

Após deixar o feijão de molho, você pode cozinha-lo (cozinhe bem) em água ou em vapor. Lembrando que para os nossos melhores amigos o uso de temperos não podem estar presentes. Inclusive a adição de sal deve ser mínima.

Posso misturar o feijão na ração?

Respondendo de forma simples e objetiva: Poder pode, SÓ NÃO DEVE… Eu explico.

Primeiro – A alimentação natural caseira (o que inclui o feijão), tem um balanceamento diferente das rações, então se misturados podem causar problemas na flora intestinal do seu cachorro.

Segundo – Se você ama seu cachorro, você deveria parar DEFINITIVAMENTE de dar ração industrializada para ele.

A maioria das rações hoje, infelizmente, passam por processo de industrialização, tem corantes, conservantes, antioxidantes, entre outros venenos e tem causado várias doenças até levando a morte de milhares de cães ao redor do mundo.

Nesse livro digital eu ensino como os veterinários dos EUA estão cuidando dos seus cães atualmente.

Para acessar, cadastre-se abaixo que eu te envio o PDF com as receitas por e-mail.

Conclusão

Em conclusão, sim o seu cachorro pode comer feijão, no entanto é preciso tomar alguns cuidados. Existem alguns tipos que são contraindicados para o seu consumo.

Já o consumo do grão cru, apenas o feijão verde é permitido. Ainda assim, outra coisa importante é que o feijão nunca deve ser um substituto para a proteína animal ou único alimento.

Além disso, ofereça com moderação, pois além de poder causar gases e problemas intestinais, pode faze-los engordar.

O feijão pode ser um complemento a alimentação do seu cãozinho, mas nunca um substituto. Cuidado com o preparo e ofereça feijão para cachorro feito especialmente para ele. Contanto que você tome todos os cuidados necessários, seu cachorro pode comer feijão.

O que poderá trazer inúmeros benefícios para ele, e portanto, deixando-o sempre forte e saudável.

Se você não me conhece, meu nome é Marcelo. Eu já ajudei mais de 10.000 pessoas a melhorar a saúde dos seus cães, prevenindo vários tipos de doenças e ajudando a dobrar a expectativa de vida deles. Se quiser, me segue lá no Instagram: @CachorroSaudavel