fbpx

arroz para cães

Arroz para Cachorro | Descubra Uma Nova Forma de Alimentar Seu Cachorro

Se algum dia você já se perguntou se o seu cachorro pode comer arroz ou se existe arroz para cachorro, esse artigo é perfeito para você. Quando se trata dos nossos melhores amigos peludos e sua saúde, podem surgir inúmeras dúvidas. Hoje iremos falar sobre  esse assunto, arroz para cachorro. 

Sabemos o quanto pode ser difícil manter uma rotina com uma alimentação saudável e equilibrada. E isso vale para os nossos amados pets.

Entretanto, para ter um cachorro super saudável, é fundamental sabermos o que eles podem ou não comer.

O arroz é um alimento muito presente em nossa mesa e é a base da nossa alimentação, assim como a ração industrializada é a base da alimentação da maioria dos cachorros. 

No entanto, alternativas mais naturais e saudáveis estão cada vez mais fortes e necessárias. Falando em uma alimentação caseira para cães, uma dúvida frequente é se existe arroz para cachorro.

Clique Aqui para Comprar

Afinal, cachorro pode comer arroz?

Bem, a resposta para essa pergunta é bem simples: Sim, você pode oferecer o arroz para o seu amiguinho pet.

No entanto, a forma de preparo deve ser completamente diferente do que a feita para o consumo humano.

Isso porque, alguns dos temperos e condimentos que costumamos usar para temperar o alimento, pode ser prejudicial para o nosso melhor amigo.

Alguns exemplos são: a cebola, o alho e o sal.

Esses podem provocar um tipo grave de anemia, xixi em excesso, intoxicação por iodo e em casos mais graves falência renal e até mesmo o óbito.

Pois é... existem alimentos que para nós seres humanos é super saudável, mas para nossos cães pode até mata-los.

Por isso, é sempre importante ter o maior cuidado com o preparo dos alimentos oferecidos aos nossos cachorros. Eu falo mais sobre alguns desses alimentos (que talvez até você já tenha dado para seu pet) aqui nesse matéria, "Alimentos Proibidos Para Cães" => Clique Aqui.

Benefícios

Os benefícios do arroz para cachorro na alimentação do seu cão são inúmeros, podendo promover o equilíbrio e a energia de que ele precisa, além de ser fonte de vitaminas e minerais essenciais, tais como: vitamina D, ferro, fibras, riboflavina (vitamina B2), tiamina (vitamina B1), entre outros.

É importante saber que alguns cães podem ser alérgicos ao arroz e podem apresentar sintomas como: coceira na pele, queda de pelo, infecções, entre outros.

Por isso, é essencial que você conheça muito bem o seu cãozinho, afim de saber se o seu pet poderá ou não comer o arroz.

Todavia, existem outras alternativas para a substituição do arroz. Confira nos próximos tópicos.

Eu tenho um PDF com 3 dicas para deixar seu cão mais resistente e saudável. É um livro digital onde você vai ver como os veterinários dos EUA estão fazendo para alimentar seus cães. Além disso, quais os hábitos do cão que viveu 30 anos. Eu posso te enviar esse PDF, é só colocar seu nome e e-mail abaixo que eu te mando por lá. 

Como avaliar se a ração é boa?

Veja os hábitos do cão que viveu 30 anos!

Existe arroz para cachorro? É mesmo uma boa solução?

Em teoria sim, no entanto na prática... Ok, sei que você deve estar confuso (a), mas vamos explicar direitinho e você vai entender onde eu quero chegar.

Respondendo à pergunta. Sim... existe o arroz para cachorro, no entanto esse alimento não foi cultivado exatamente para o consumo canino.

Em suma, o arroz para cachorro nada mais é do que os grãos que a indústria não considera próprio para o consumo humano.

Ou seja, faz parte do mesmo arroz que consumimos. Contudo são grãos quebradiços, queimados, ou que não possuem boa aparência/condições e não passaram nos testes de qualidade.

Antigamente, esses insumos eram descartados. No entanto, visando sempre o lucro, essas empresas começaram a oferecer esses grãos às indústrias fabricantes de rações e outros alimentos voltados para os cães.

Logo, caso vá oferecer arroz para cachorro prefira cozinhar o mesmo que você tem no seu armário. Com certeza será muito mais saudável!

Qual a melhor alternativa de carboidratos para cães?

arroz para cães

Confira outros alimentos ricos em carboidratos que podem ser cozidos e preparados para o seu pet. Além disso eles possuem uma gama enorme de benefícios.

Alguns tubérculos como o inhame, o cará, a batata doce e inclusive a nossa conhecidíssima batata inglesa (essa um pouco mais pobre em nutrientes que as outras) podem ser cozidos e preparados para o seu pet sem problemas.

O inhame e o cará são boas fontes de carboidratos, possuem baixo teor de gordura, alta concentração de fibras, além de vitaminas do complexos A, B e C.

Já a batata doce é rica em fibras, vitaminas B6 e C e minerais. Além do betacaroteno que reduz o risco de doenças como o câncer, ajuda a neutralizar os radicais livres e ajuda no sistema digestivo.

Por sua vez, a batata inglesa é fonte de ferro, cálcio, potássio, bem como vitaminas do complexo B e C. No entanto, jamais deve ser servida crua ou com casca.

Ela possui a toxina solanina que é extremamente tóxica para os cães, podendo causar vômitos, diarreia e até problemas mais graves.

Para facilitar a digestão do seu cãozinho, procure cozinhar muito bem os alimentos ou tritura-los. Dessa forma eles podem usufruir de todos os nutrientes e seus benefícios.

Esses são apenas alguns alimentos e benefícios dentre vários outros que fazem parte da alimentação natural caseira.

O arroz para cachorro é uma boa fonte de carboidrato?

Para nós seres humanos, os carboidratos ingeridos (como o arroz) são metabolizados como sendo a nossa principal fonte de energia. Já os cães não necessitam de muito carboidrato para gerar energia.

E o arroz não é um dos melhores carboidratos para eles. Eles conseguem gerar energia de outras fontes (proteínas, por exemplo).

Embora a maioria dos alimentos comercializados possuem grandes quantidades de carboidratos em sua composição na forma de grãos, como: arroz, milho, soja, trigo e outros. Isso não necessariamente quer dizer que seja bom para eles.

Logo, as indústrias alimentícias do ramo, usam esses sub-produtos não por serem melhores, mas porque são mais baratos do que a proteína animal. 

Infelizmente, se você não souber muito bem o que seu cachorro anda comendo, você pode acabar dando o que não pode, e aí vai ter sérios problemas. Além disso, pode acabar tendo que gastar pequenas fortunas no veterinário.

Por isso eu disponibilizo de graça um PDF com 3 dicas seguras para você deixar seu cão mais forte e resistente a doenças. Você vai ver quais eram os hábitos do cão que viveu 30 anos, isso vai te ajudar a aumentar a longevidade do seu cão também.

Coloque seu nome e e-mail abaixo que eu envio esse livro digital no seu e-mail. 

Como avaliar se a ração é boa?

Veja os hábitos do cão que viveu 30 anos!

Arroz branco ou arroz integral?

Em suma, os carboidratos são divididos em duas categorias: os simples e os complexos. Os carboidratos simples são aqueles compostos por duas moléculas de açúcares, requerendo pouco ou nenhum processo digestivo. Sendo assim mais fáceis de serem metabolizados e absorvidos pelo organismo.

Já os carboidratos complexos são aqueles formados por açúcares simples ligados em cadeias longas e complexas. O que por sua vez, requer um processo digestivo de enzimas mais complexo antes de sua absorção.

O arroz branco é considerado um carboidrato simples, já o arroz integral um carboidrato complexo. Em geral, o arroz integral é muito mais nutritivo do que o arroz branco, porém o arroz branco possui um cozimento e absorção muito mais rápido se comparado ao arroz integral.

Caso ofereça ao seu cãozinho, dê preferência ao cozido com o mínimo (é beeeeem pouco mesmo) ou nenhum sal.

A água do cozimento também pode ser usada para tratar cães que não consigam se alimentar com alimentos sólidos e estejam com diarreias e outros problemas gastrointestinais.

Porque oferecer uma alimentação natural e não a ração industrializada?

Você já parou para pensar o quanto as rações industrializadas podem ser nocivas para os nossos amiguinhos?

As rações prontas e industrializadas contém diversos aditivos químicos, afim de realçar o sabor, cheiro e conservação. Além é claro, de serem feitas com matérias primas, produtos e insumos de baixa ou péssima qualidade.

Muitos deles nem sequer são adequados para o consumo dos cães. Com isso podem desenvolver doenças, causar alergias e intolerâncias alimentares ao animal.

Já a alimentação caseira é muito mais saudável para os nossos cachorros. Isso porque, é você quem irá preparar a sua refeição. Desta forma é possível controlar a quantidade, qualidade, conservação e a forma de preparar esses alimentos.

Entretanto, a alimentação natural caseira não é somente arroz, frango e cenoura, vai bem além disso.

Cada cão é único, tem gostos diferentes, idades diferentes, necessidades nutricionais diferentes. Portanto necessitam de quantidades de comida diferentes, por isso é super importante você começar da forma correta.

Na internet até tem algumas receitas, mas muitas delas são muito perigosas para seu cachorro. Podem até matar seu cachorro. Por isso, você precisa ter certeza do que está fazendo.

Precisam ser receitas preparadas com alimentos que fazem bem para cães e não o contrário. E é preciso todo um processo de transição da ração para alimentação natural caseira.

No PDF que eu preparei você encontra informações bem mais detalhadas, além de 3 dicas para começar a colocar seu cachorro no caminho da vida saudável. Coloque seu nome e e-mail abaixo que eu envio o PDF pra você, é grátis.

Como avaliar se a ração é boa?

Veja os hábitos do cão que viveu 30 anos!

6 comentários em “Arroz para Cachorro.”

    1. Olá Ercy, para receber o livro basta colocar o seu e-mail no formulário junto a imagem do livro e então clicar no botão “Quero meu eBook Grátis”. Daí o livro será imediatamente enviado para você no e-mail que cadastrou.

    1. Olá Priscylla, para receber o livro basta colocar o seu e-mail no formulário junto a imagem do livro e então clicar no botão “Quero meu eBook Grátis”. Daí o link para download do livro será imediatamente enviado para você no e-mail que cadastrou.

      Se não achar o formulário pode entrar também no site https://cachorrosaudavel.com.br que no meio do site tem onde colocar seu no me e e-mail para receber o livro.

    1. Olá Vera,
      Marcelo falando…
      Para receber o livro basta colocar o seu e-mail no formulário junto a imagem do livro e então clicar no botão “Quero meu eBook Grátis”. Daí o link para download do livro será imediatamente enviado para você no e-mail que cadastrou.

      Se não achar o formulário pode entrar também no site https://cachorrosaudavel.com.br que no meio do site tem onde colocar seu no me e e-mail para receber o livro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *